Imprensa afirma que Cavill não será mais o Superman e Warner NÃO nega

Uma reportagem de Tatiana Siegel (belo sobrenome*) para o Hollywood Reporter informou que Henry Cavill não viverá mais o Homem de Aço no DC Verso nos cinemas. Tudo começou após um suposto conflito de agenda que impediria o ator de fazer uma participação especial em Shazam, o que levaria a Warner a cancelar outras possíveis aparições do Superman.

ATUALIZAÇÃO

A Warner fez um pronunciamento, mas sem negar ou confirmar o rumor. Segue:

Embora nenhuma decisão tenha sido tomada sobre os filmes do Superman, nós sempre tivemos grande respeito e ótimo relacionamento com Henry Cavill, o que permanece inalterado.

Parecem preocupados apenas em garantir que não têm problemas com o ator. Vale lembrar que Cavill, após Batman Vs Superman , participou de Missão: Impossível — Fallout. Problema nenhum não fosse um bigode que computação gráfica alguma poderia disfarçar. Já seria um indicativo de suas prioridades?

Mais motivos

Pode até ser, mas por outro lado a Warner tem focado em um novo filme da Supergirl. A produção mostraria a origem da heroína, que teria a idade de uma adolescente. A mudança exigiria alguém mais novo no papel do azulão, pela interpretação da empresa. Não estaria nos planos também um novo filme solo do Homem de Aço.

Diz uma fonte da empresa:

Superman é como James Bond, depois de um tempo você tem que olhar para novos atores.

Beleza, mas quando a gente lembra da quantidade plots dos filmes… A Warner parece não ter uma ideia de para onde quer ir com o DC Verso. Afinal, até as referências a Darkseid  agora soam vazias. Segundo as fontes do Hollywood Reporter, tudo teria a ver com reiniciar as franquias de super-heróis que não deram certo.

Quer dizer… Esqueçam a imagem abaixo!

Cavill foi confirmado no seriado de The Witcher da Netflix, o que não seria problema. Vale lembrar que Ben Affleck também estaria se afastando do papel de Batman. Até Kit harrington foi cotado para o papel, o que indicaria que querem mesmo rejuvenescer.

Inclusive, faz sentido quando a gente pensa que nem Affleck ou Cavill elevaram a franquia acima do que Christian Bale e até mesmo Brandon Routh conseguiram. A questão é: misturar tudo isso com uma Mulher-Maravilha que faz um baita sucesso com Gal Gadot. Aliás, a atriz segue confirmada em Mulher-Maravilha: 1984  assim como Jason Momoa estará em Aquaman, que estreia em dezembro, e Ezra Miller deve estar em um filme do Flash para 2019.

E agora?

No fim das contas, Kevin Tsujihara e Toby Emmerich, os responsáveis pela Warner e seus filmes, querem revigorar o universo DC nas cinemas. Mas a Warner segue muito atrás do Marvelverso em termos de bilheteria ou mesmo aplausos. Vale lembrar que há seis anos, Batman: The Dark Knight Rises fechava a trilogia de Christopher Nolan com o Homem-Morcego láaaa no topo. Agora, apenas a Mulher-Maravilha chegou lá.

Enfim, o problema é que os filmes da Marvel são uma consequência de boas produções que sabiam para onde convergir. Aliás, a Warner ainda parece seguir numa espécie de tentativa-e-erro. Chegaram a uma contagem incrível de dois Supermen e dois Batmen em uma geração, indo para o terceiro. Fora as séries de TV. Ao menos, é um consenso lá dentro que é possível fazer melhor.

Vamos torcer para que saibam como.

Nova atualização

Depois da Warner, foi a vez de Cavill dar a sua resposta em cima do muro. O ator fez um post no Instagram, que só deixa as dúvidas no ar:

View this post on Instagram

Today was exciting #Superman

A post shared by Henry Cavill (@henrycavill) on

*O Super-Homem foi criado por Joe Shuster e Jerry Siegel. Contudo, acho que é apenas uma coincidência. Alguém sabe?

Please follow and like us:

Related Post