Até que a gente te separe

O Netflix e outros serviços de streaming nos dão a opção de conferir toda uma gama de filmes que dificilmente veríamos no circuito normal. Até que a gente te separe é um ótimo exemplo. A produção da Nova Zelândia tem todos os acertos de uma boa comédia e é até incrível que só agora a gente conheça atrizes e cineastas tão bons.

Mel (Madeleine Sami) e Jen (Jackie van Beek) são duas amigas que se desiludem com o amor e decidem criar a Breaker Upperes, empresa que separa casais por dinheiro. Porém a amizade e o negócio entram em conflito quando Mel se apaixona por um cliente.

Até que a gente te separe tem um elenco de primeira. Ana Scotney, por exemplo, vive a hilária Sepa, antagonista das heroínas da história. Mas é difícil não se apaixonar por Madeleine Sami, da dupla de protagonistas. Ela e Jackie van Beek escreveram e dirigiram a produção, que merecia mais atenção do que recebeu no Brasil.

Além de um roteiro preciso, o filme se destaca pela ótima trilha sonora. Repleta de músicas oitentistas e noventistas, transformam a produção em algo bom de se ver e ouvir.

A Nova Zelândia há tempos contribui com o cinema comercial com estrelas como Nicole Kidman. Até que a gente te separe prova que tem muito mais coisa por lá do que imaginávamos. Tomara que a gente veja mais.

Nota: 9

Please follow and like us: