As dez mortes mais surpreendentes de Game of Thrones

Game of Thrones é uma série sensacional. Entre os muitos motivos para ser tão boa estar no fato de que não liga para matar personagens marcantes. Listamos aqui as dez mortes mais surpreendentes de Game of Thrones para você relembrar antes da oitava temporada:

Viserys Targaryen

Parecia até que o irmão de Daenerys seria alguém na fila do pão? Parecia. Mesmo sendo muito desajeitado e ignorado pelo exército de Khal Drogo sua morte no início da trama só foi menos surpreendente do que a reação fria da irmã. A cena retrata uma mudança da mãe dos dragões, como uma personagem mais forte e que lidera. Não é liderada.

Eddard Stark

Até o último minuto parecia que Eddard Stark seria o protagonista da série. Afinal, Sean Bean havia sido um protagonista de O Senhor dos Anéis: A Sociedade do Anel e não dava pinta de que mais uma vez morreria muito cedo. Mas assim como Boromir, o patriarca dos Stark é decapitado mesmo recuando em sua honra e fazendo o possível para sobreviver. Não deu.

Talisa & Robb Stark

Game of Thrones é ótimo em quebrar certas convenções que não são inquebráveis, mas pareciam ser. Matar uma mulher grávida é tão raro, que ninguém achou mesmo que Talisa Stark poderia morrer. Além disso, Robb Stark dava toda a pinta que seria o protagonista da jornada e morreu. E de uma forma horrível!

E ainda dá tempo de matar a matriarca dos Stark: Catelyn Stark. Eu assisti O Casamento Vermelho de noite e foi difícil dormir depois.

 

Joffrey Baratheon

Ele era terrível. Durante muitos momentos da série, Joffrey Baratheon era o ser humano mais detestável que poderíamos imaginar, mesmo sendo apenas uma criança. Sua morte teve contornos dramáticos, nos braços da mãe e de forma sufocante. Não foi legal… Ou foi?

Lysa Arrin

Outra pessoa louca na série. E mais uma morte para lá de bizarra. E merecida.

 

Oberyn Martell

Ele era bissexual, bonito, carismático e um grande lutador. Ainda por cima, parecia do lado certo da jornada de Game of Thrones quase o tempo todo. Sua morte nas mãos (literalmente) de Montanha confirma que a vida não é nada justa.

 

Shireen Baratheon

 

Shireen Baratheon sempre foi marcante pela deformidade em sua face. Era uma das crianças fofas de Game of Thrones e um dos poucos redutos de pureza da série. Sua morte em uma fogueira, remonta a época em que mulheres não muito mais velhas eram assassinadas da mesma forma. Um exemplo de fanatismo religioso e cegueira de um rei louco.

 

Os irmãos Tyrell

Cersei Lannister planejou direitinho e matou todos os inimigos. Ela viu o seu último filho se suicidar, mas pergunta se ela não faria de novo? Ô se faria…

 

Jon Snow

A morte de Jon Snow usou toda comoção de uma série que não ligava de matar personagens importantes para garantir uma expectativa se ele poderia voltar ou não. Além disso, o personagem havia morrido nos livros em um ponto de que ainda não há continuação na literatura. Talvez a morte mais marcante de todo seriado só superada por…

 

…Hodor

Hold the Door. Hold the Door. Difícil superar. Mas não duvide!

Please follow and like us:

Related Post