DC abre mão de série polêmica dos quadrinhos

A série Second Coming teve o lançamento adiado pela DC Comics. O gibi satirizava uma segunda vinda de Jesus Cristo em um universo de super-heróis, marcado pela presença de Sun Man e era publicada pelo selo Vertigo, famoso por divulgar quadrinhos autorais e com viés mais adulto.

Após adiar sucessivas vezes  seu lançamento, a DC abriu mão dos direitos. Apesar disso, Mark Russell, criador de Second Coming, garantiu que o rompimento foi amigável. No twitter, ele indicou ainda que o gibi pode continuar por outra editora. Entretanto, em entrevista ao SyFy disse também que a editora chegou a tentar fazer com que mudassem alguma das ideias da história. “Então, eu decidi que preferia manter a história intacta e permanecer fiel à versão original”, explicou.

série polêmica dos quadrinhos

Não é a primeira vez que uma série polêmica dos quadrinhos é cancelada pela DC Comics. The Boys viveu caminho parecido após seis edições e encontrou sua casa na editora Dynamite. O gibi, inclusive, vai virar série na Amazon. Mas será que Second Coming irá para a mesma editora?

Vale lembrar que os Estados Unidos, assim como o Brasil e o resto do mundo, veem uma ascensão bizarra e nociva da extrema direita. Second Coming foi alvo de uma petição para seu cancelamento, logo depois de ser alvo de uma extensa reportagem da Fox News. É uma pena ver uma série não chegar a conhecer as bancas, mas pode ser melhor. Quem sabe outra empresa não lança a série?

Confira a sinopse oficial da HQ, que seria publicada nos Estados Unidos a partir de março:

“Testemunhe o retorno de Jesus Cristo, quando é enviado por Deus em uma missão sagrada que levará o verdadeiro messias da humanidade a se tornar colega de quarto com o salvador favorito do mundo: o todo poderoso Sun-Man, o Último Filho de Krispex! Mas quando Jesus retorna à Terra, ele fica chocado ao descobrir o que seu evangelho se tornou – e agora, ele volta para se fazer entender”.

Please follow and like us: