Flash deve determinar o futuro dos próximos filmes da DC nos cinemas?

As idas e vindas do homem mais rápido do mundo nos cinemas podem indicar algo mais sobre os próximos heróis da DC na telona. Afinal, após Liga da Justiça, havia a expectativa que tivéssemos uma enxurrada de filmes solo mas além do corredor escarlate, Mulher-Maravilha 1984 já foi adiado. E tudo isto aponta para o quê em relação aos próximos filmes da DC nos cinemas?

Que ninguém sabe o que vai acontecer no DCVerso, óbvio!

Recordar é viver

The Flash é anunciado desde 2014, quando o Brasil ainda era uma democracia sólida, tinha uma seleção respeitada e “moro” era do verbo “morar” apenas. De lá para cá, vários roteiristas e diretores já foram cotados e parece que isso nunca termina. Barry Allen é algo essencial na quintessência dos Melhores do Mundo da DC.  The Flash, se não houver mais enrolação, só deve estrear em 2021. Só que isso pode ajudar a indicar o futuro do universo DC na sétima arte também.

2018 foi um ano de transição para várias coisas na direção do DCVerso. Aquaman e Shazam são um legado do que era planejado antes. Se derem certo, podem ter uma continuação mas foram projetados para funcionarem de forma independente. Sem conexão com nada que venha aí, ao contrário do que a Marvel faz, por exemplo. Se cada um for bem nas bilheterias, deve continuar.

Caso contrário….  O calo apertaria em 2020, quando a Mulher-Maravilha finalmente retornaria. Neste mesmo ano devemos ter também Birds of Prey e, possivelmente, Cyborg e A Tropa dos Lanternas Verdes. Na verdade, o que parece é que a Warner encara Birds of Prey como um laboratório, algo parecido com o que houve com Blade.

E tem mais…

No meio disso tudo temos Esquadrão Suicida 2 e Adam Negro, além do novo Batman, que pode não rolar se Ben Affleck não topar voltar ao papel. Se essa situação rolar, The Flash ganharia ainda mais peso em 2021. E há rumores que o plot da saga Flashpoint seria usada em um eventual filme para refundar todo universo DC, o que só funcionaria se Barry Allen for apresentado ao público dos cinemas.

Dois cenários

Se Aquaman, Birds of Prey e Shazam forem bem nos cinemas, The Flash seria o início de uma nova era da Liga da Justiça, independente do Homem-Morcego e do Super-Homem. Por outro lado, se esses filmes fracassarem e Ezra Miller não atuar em uma produção memorável nem mesmo um eventual sucesso de Diana salvaria a franquia do grupo heróico.

Please follow and like us:

Related Post