Memórias da Princesa: Os Diários de Carrie Fisher – The Princess Diarist

Com o lançamento de mais um filme de Star Wars, nada mais adequado do que ler uma das autobiografias da maravilhosa Carrie Fisher. Sim, autobiografias, no plural. Ela chegou a publicar três livros desse tipo antes de falecer no final de 2016. Fora os outros livros que eu só descobri que ela publicou quando li esse. E que vão entrar na minha wish list, claro.

SPOILER FREE

Os Diários de Carrie FisherO mais interessante do livro da atriz não é nem as fofocas relacionadas a Star Wars, apensar desse volume em específico (não sei dos outros) ser bem recheado delas (fica a dica para os fãs) e sim o seu humor. Carrie Fisher tem um humor maravilhoso, e melhor ainda, consegue aplicar esse humor para tudo e todos, inclusive, ou melhor, especialmente, a ela mesma.

É impossível passar incólume por The Princess Diarist. Em algum momento você vai passar vergonha dando uma boa gargalhada.

Mas o livro não é baseado só em humor, a eterna Princesa Leia é absurdamente humana. Sem deixar o seu sucesso ou status de ícone subir a cabeça (talvez pelo fato de que ela não ficou milionária assim, ou por conta de ser filha de outro ícone do cinema), Carrie fala de si mesma com muita franqueza e sobriedade. Talvez não tanta sobriedade no sentido de pura de álcool, realmente tenho minhas dúvidas com relação a isso, mas certamente com muito pé no chão. E isso dá um peso, uma realidade muito palpável ao que ela escreve.

E dessa forma ela trata de diversos assuntos interessantes, tais como ela foi parar em Star Wars, como era sua relação com a mãe, Debie Reynolds, o relacionamento fugaz que teve com Harrison Ford, como é o relacionamento com os fãs de Star Wars (gente, muito surtado!), como foi se tornar a Princesa Leia mesmo depois de terminar a trilogia original, e, por fim, sobre a sensação de voltar a grande personagem da sua carreira com o Episódio VII (lançado em 2015).

Enfim, foi uma experiência muitíssimo interessante entrar um pouco na pele de Carrie Fisher e sentir a força dessa mulher. Vale a pena mesmo para quem não é fã de Star Wars.

Nota 8,5.

Please follow and like us:

Related Post