Lucifer Book Two

Seguindo a saga de Lucifer, no segundo volume temos 2 arcos de história. O primeiro é uma espécie de continuação direta do primeiro, onde Lucifer resolve fazer uso do prêmio a que teve direito ao fazer o trabalho sujo que o Céu solicitou. A segunda história é uma questão de resolver a situação entre Lucifer e Amenediel, um anjo bem conhecido para quem assiste o seriado.

SPOILER FREE

Aqui comecei a ter algumas questões com a saga de Lucifer. O principal problema é que não é Sandman e não é Gaiman. Isso no sentido de que, diferentemente do mundo trabalhado em Sandman, em que você tem diversos panteões possíveis que vivem juntos de alguma forma muito doida, mas que funciona, aqui o mundo é criação quase exata do que está na Bíblia.

Não gostei. Não só porque achei preconceituoso com todas as outras religiões que de qualquer forma continuam presentes através dos seus deuses ao longo dessa saga, mas achei que foge do que foi apresentado inicialmente e que funciona tão bem em Sandman. Heresia pura! Sacanagem com todo o trabalho feito por Gaiman até então. Imperdoável.

Outro problema é que por causa do que mencionei anteriormente, as histórias parecem rasas, sem aquela profundidade e a quantidade de referências do trabalho de Gaiman. Ficou pobre. E justamente com um personagem tão cheio de potencial como Lucifer. É quase triste de ver.

Já vou para os volumes seguintes desanimada.

Nota 7.

Please follow and like us:

Related Post