I’m Judging You: The Do-Better Manual

Conheci esse livro através de uma amiga cujo humor eu amo de paixão, não é à toa que somos amigas. E ela teceu louvores ao livro, cuja descrição é uma coletânea de ensaios de humor da autora, Luvvie Ajayi, uma nigeriana que ainda criança se mudou para os Estados Unidos.

SPOILER FREE

Ajayi é também uma blogueira de sucesso (veja o blog aqui), e seu livro foi lançado com grande estardalhaço pela crítica norte americana em 2016. Infelizmente I’m Judging You: the do-better manual (Estou te julgando: o manual para fazer melhor) ainda não foi lançado no Brasil, mas espero que esse equívoco seja corrigido em breve. Depois do lançamento do seu livro, ela ainda fez uma belíssima palestra TEDTALK em 2017. Vídeo abaixo para todos ouvirem suas palavras de louvor:

 

Palavras de louvor porque Luvvie é católica e hétero, mas é uma mulher, negra, imigrante, feminista e ativista. E ela faz uso das suas palavras e sucesso na internet para atingir as pessoas que podem ser melhores na vida. Todo o seu livro é construído com esse propósito, usar o humor como ferramenta para apontar para as pessoas o que elas tem feito de errado e que fazem do nosso planeta um lugar pior para se viver.

Nesse sentido o livro acaba sendo uma grande mistura de humor com sentimento de culpa e socos no estômago. Ela trata desde atitudes mesquinhas entre amigos até os grandes problemas da humanidade: racismo, misoginia, não aceitar a religião e diferenças entre as pessoas, passando também pela falta de educação na internet, que culmina na criação e disseminação de fake news. Tudo recheado de bom humor e gírias nigerianas.

O resultado é que o livro é fenomenal, e em tempos atuais é mais do que necessário. Precisamos ser mais como Luvvie, ter mais empatia pelos outros e tentar ter um pouco mais de lógica na nossa vida. Apaixonei pela nigeriana boca suja. Se todos fôssemos como ela seríamos mais felizes e não teríamos Trumps e Bolsonaros com essa força toda andando por aí e ameaçando pessoas simplesmente porque elas fogem do que julgamos ser a norma, o que no fundo não faz o menor sentido.

Lógica e empatia. Dois atributos em falta no mercado. E Luvvie vem nos mostrar direitinho o quanto devemos ser julgados por isso.

Nota 10.

Please follow and like us:

Related Post